5 Dicas infalíveis de otimização para conversão (CRO)

A otimização das taxas de conversão de um website surge de uma tradução  livre do termo em inglês  Conversion Rate Optimization, também conhecido pela sigla CRO, um termo relativamente recente no meio de marketing digital que consiste em um método que busca aumentar os resultados de um website sem aumentar os investimentos na aquisição de tráfego.

Com o encarecimento das mídias digitais e tráfego pago, a atual situação econômica e uma série de outros fatores, somos levados a pensar em soluções aumentar as vendas sem necessariamente aumentar o investimento.

O CRO vem como uma ótima opção, empresas que tem investido na otimização de conversão tem conquistado excelentes resultados.

O que é CRO?

 

Para entendermos o que é CRO, precisamos primeiramente entender o que é a taxa de conversão de um website.

A taxa de conversão consiste na relação entre o número de visitantes de um site ou página, e o número de usuários que executam uma determinada ação dentro desta mesma página, normalmente a compra de um produto ou a conversão de um lead.

O método do CRO visa aplicar testes de otimização para conversão dentro de um website, ou seja, após ser publicado as alterações e testes A/B continuam, quanto mais testes mais fácil se torna realizar otimizações.

Vamos as dicas:

1- Faça mudanças

A primeiro etapa consiste em aplicar todas as alterações que já foram estudadas e estruturadas pela equipe de CRO. Para que a otimização para conversão seja eficiente, todas as mudanças dentro da estrutura do website devem ser mensuradas afim de que seja possível medir as taxas de conversão a partir de cada variável.

Toda mudança dentro de um projeto funciona como uma espécie de experimento, de maneira que todos os resultados possam ser medidos.

2- Mensure tudo

Mensurar significar medir, quantificar e qualificar. Números e taxas irão colaborar para que um projeto se torne eficiente ou não em conversão. A cada experimento e mudanças ocorridas no site, os fatores a seguir devem ser acompanhados.

  • Taxa de conversão;
  • Taxa de rejeição;
  • Número de formulários preenchidos;
  • Ticket médio e número de pedidos, no caso de e-commerce.
  • Volume total de vendas.

Após cada teste realizado os dados serão analisados e só assim será possível dizer quais foram negativos e quais foram positivos, podendo ser mantidos ou não.

3- Renove sempre que necessário

Mudanças acontecem a todo o momento, o que funciona hoje não necessariamente funcionará amanhã. Por isso é fundamental manter um investimento continuo em otimização de conversão(CRO) e utilizar experiências anteriores para direcionar os testes futuros.

 

4- Invista em boas páginas para conversão

Ter boas páginas de conversão não significa ter muitas páginas de conversão.

Qualidade é mais importante do que quantidade, observe como o usuário se engaja com suas páginas e otimize aquelas que convertem mais, evitando gastos em páginas desnecessárias.

5- Transmita valor ao seu público

Venda benefícios e não características, foque na geração de valor e não no preço.

 

A otimização para conversão necessita de tempo, disponibilidade e vontade de fazer acontecer. É nítido como essa estratégia pode trazer resultados impressionantes, não só muito mais leads mas sim, um aumento significativo nas vendas.