Como conseguir indicações de clientes: O passo a passo

Flavio Bitencourt

Flavio Bitencourt

Você com certeza já parou para se perguntar o que você pode fazer para conseguir mais indicações de clientes.

Lembra daquela história de que o boca boca é uma excelente forma de marketing? Então, isso tem um fundo de verdade (e bota fundo nisso).

Se você possui uma carteira de clientes de 10 clientes e recebe 2 indicações por mês, no começo isso pode não parecer muita coisa, mas a medida que seu número de clientes começa a crescer, o efeito das indicações como um canal de aquisição começa a ser exponencial.

Ao longo dos meses, o “boca a boca” pode se tornar um canal extremamente relevante para seu negócio.

As empresas vem cometendo um erro muito grave.

Existem empresas que vivem só de indicações, e existem empresas que apostam tanto em certos canais que deixam as indicações para escanteio, completamente negligenciadas.

Se você comete tanto um, quanto o outro, você está deixando dinheiro na mesa.

Por isso eu separei aqui algumas dicas simples, mas que vão te ajudar a construir essa cultura de indicações.

Eu imagino que existam clientes extremamente satisfeitos em em sua base mas que não te indicam simplesmente porque você não pede.

Eles estão lá, prontos para te recomendar, mas eles apenas não encontraram uma oportunidade ou então não tiveram a “proatividade” de fazer isso.

Se você pedir, ou oferecer um mínimo incentivo, isso será mais do que o suficiente para que eles te indiquem e você possa se beneficiar com isso.

As indicações devem fazer parte do processo comercial

Você precisa enxergar as recomendações como uma parte “normal” do seu processo comercial.

Você deve fazer com que pedir uma indicação se torne algo corriqueiro a partir do momento que um determinado cliente está satisfeito com a contratação.

Você pode inclusive, deixar isso claro no momento de apresentação do seu serviço.

Algo como: “Olá cliente, seja bem vindo, nós iremos atendê-lo e caso você goste do nosso serviço, seria ótimo se você pudesse recomendar um amigo, conhecido ou familiar”.

Quando você não faz com que a indicação seja algo “normal”, o seu cliente vai vê-la como um favor. Dessa forma você reduz, e muito o número de indicações recebidas.

Por isso, trabalhe para que isso se torne algo corriqueiro.

Foque na experiência do usuário

Como é a experiência do seu cliente, antes, durante e depois da venda? Você consegue proporcionar uma experiência exclusiva para seu cliente?

Oferecer uma experiência positiva pode ser mais simples do que parece.

O Uber por exemplo, sugere aos seus motoristas que oferecem balas ou água para seus clientes depois de uma corrida.

Detalhes como uma simples pergunta podem fazer toda a diferença na percepção do cliente.

Exemplo: O ar condicionado está bom para você?

Invista em uma ambientação agradável. Luzes, decoração e música ambiente são pontos a se observar.

Proporcionar uma experiência nem sempre vai te custar dinheiro. Muitas vezes, você só vai precisar observar o que realmente gera valor para o seu cliente, antes, durante e após a compra.

Sabe aquela história do cafezinho de cortesia?

Clientes que tem uma boa experiência de compra com certeza terão uma chance muito maior de indicar sua empresa.

Aplique uma pesquisa de NPS

Não sei se você já ouviu falar, mas o NPS ou Net promoter score, é uma metodologia que tem como objetivo medir o grau de lealdade dos consumidores a uma empresa.

Ela é amplamente utilizada e extremamente simples de ser aplicada, justamente por se tratar de uma pesquisa simples, com apenas uma questão.

O NPS é classificado através de uma pergunta: “Em uma escala de 0 a 10, o quanto você indicaria nossa empresa para um amigo?”

Aqueles que respondem de 0 à 6 são clientes considerados detratores, de 7 à 8 são clientes neutros e de 9 – 10 são clientes promotores.

Se você tem dificuldades na hora de pedir indicações para seus clientes, se sente acanhado com acha que não vai ter um bom resultado, aplicar uma pesquisa de NPS pode ser uma excelente medida.

Faça isso, e você irá identificar seus clientes promotores, e vai estar um passo a frente na hora de pedir uma indicação.

Conclusão

Muitas vezes negligenciadas, indicações são uma arma extremamente poderosa para geração de novas oportunidades comerciais e novas vendas.

Se você fizer com que dar indicações se torne algo natural para seus clientes, ao longo de pouco tempo você terá um grande fluxo de oportunidades vindo de indicações de clientes.

Para aumentar as chances de receber uma indicação de qualidade, invista em proporcionar uma boa experiência para seus consumidores e colete informações, por meio de pesquisas como a avaliação de NPS