Gestão empresarial: O que você precisa saber para otimizar a gestão da sua empresa

Como melhorar a gestão da sua empresa

Gerir uma empresa é um desafio para qualquer empreendedor, não importa em que estágio sua empresa está. Isto porque, 50% das empresas brasileiras vão à falência nos primeiros 5 anos.

O objetivo desse texto é ajudar você a desenvolver suas competências como gestor, aplicando o conceito de gestão estratégica poder conduzir sua empresa com mais qualidade, menos estresse e maiores lucros

Teóricos da administração dividem a gestão empresarial em diversas áreas, sendo as principais: Finanças, operações, vendas, recursos humanos e marketing, e ao longo desta leitura, vou falar um pouco sobre cada uma delas.

É fundamental para que qualquer um que esteja comprometido a gerir uma empresa, ter  dinamismos, proatividade, e acima de tudo, resiliência para lidar com os desafios do dia a dia (que não são poucos).

Então, você quer saber o que é gestão empresarial estratégica e como você pode aprimorar suas competências como gestor, continue comigo neste conteúdo.

O que é gestão empresarial

Gestão empresarial é um termo que se refere às técnicas de gestão utilizadas para ajudar empresas na tomada de decisões estratégicas.

Uma estratégia tem como premissa a transferência, mudança ou condução de uma organização, de um ponto A até um pouco B.

Ou seja, o gestor tem como principal papel garantir que a organização irá atingir seus objetivos saindo de uma condição inicial, para uma condição final.

Algumas competências da gestão empresarial são:

  • Estruturar o funcionamento dos setores e dos processos da empresa;
  • Fazer a gestão de funcionários e acompanhar a produtividade por meio do setor de RH;
  • Analisar e criar estratégias financeiras para a empresa, visando um melhor desenvolvimento e expansão, atingindo os objetivos estratégicos do negócio;
  • Criar um plano de negócio e planejamento estratégico e realizar revisões periódicas, caso seja necessário;
  • Manter a empresa em crescimento constante;
  • Acompanhar o desenvolvimento de estratégias de marketing direto e indireto, para a ampliação da demanda e fortalecimento da marca;
  • Controlar os fornecedores e compras de matéria prima, evitando desperdício e mantendo o estoque dentro dos padrões estabelecidos;
  • Fiscalizar a operação financeira, reduzindo custos e aumentando a lucratividade da empresa.

As áreas da gestão empresarial

Finanças

Responsável: CFO
Grandes nomes: Harry J. Sonneborn – CFO do Mac Donald’s de 1955 a 1967

Á área de finanças é responsável por administrar os recursos da empresa. Algumas das atividades do gestor financeiro são: desenvolver o planejamento financeiro, definir orçamentos para as áreas da empresa e realizar a controladoria, garantindo uma boa dinâmica dos indicadores financeiros.

Operações

Responsável: COO
Grandes nomes: Tim Cook – COO da Apple de 2007 à 2011

 

O departamento operacional, setor de produção ou de setor técnico, é o responsável por administrar todo o processo de transformação dos insumos no produto final ou prestação do serviço.

Um diretor de operações atua de forma a organizar o fluxo de trabalho e garantir que todos os projetos internos (relacionados com a operação da empresa) estão sendo realizados e concluídos.

Sem um bom controle da operação, é natural que a qualidade dos produtos e serviços caia, e que exista uma enorme dificuldade em controlar os custos relacionados a produção.

Marketing

Responsável: CMO
Grandes nomes: Keith Weed – CMO da Univeler de 20010 até hoje

Dentro do contexto de pequenas empresas, a área de marketing é responsável por desenvolver e executar estratégias para geração de demanda. Ou seja, a área de marketing está diretamente relacionada ao crescimento das vendas de uma corporação.

O departamento de marketing é responsável por desenvolver o planejamento de comunicação da empresa, desenvolver e gerenciar campanhas promocionais, definir canais de aquisição e formas de atração de novos clientes e otimizar o ROI (return of investment).

oO CMO de uma organização é o cargo executivo máximo da área de marketing, sendo o responsável último por todas as áreas aqui citadas.

Administrativo

Responsável: CEO
Grandes nomes: Larry Page – CEO da Google de 20010 até hoje

O departamento administrativo é responsável por orquestrar todas as áreas e fazer com que a música toque da melhor maneira possível.

Podemos dizer que esta área é o coração da corporação, e é a partir dela que são difundidos os valores, visão, a direção e a cultura do negócio.

O CEO, o qual normalmente é o fundador da empresa, normalmente é aquele que teve a ideia inicial e transformou-a em um negócio. Portanto, sua função é guiar a empresa e atrair talentos e pessoas brilhantes para conduzir as demais áreas do negócio e fazer com que as metas e indicadores sejam atingidos ao longo do tempo.

Como otimizar a gestão da sua empresa?

Melhorar a gestão de uma empresa está relacionado a aumentar sua resiliência e capacidade de se adaptar a adversidades e problemas, e para fazer isso, é fundamental que existaem objetivos e processos claros paraque irão guiar a organização.

Além disso, é fundamental que os membros do grupo sintam-se e possam ser recompensados ao final da jornada, ou seja, é crucial que exista um sistema de meritocracia que irá garantir o respaldo ao esforço e resultado entregue por cada colaborador da equipe.

Ou seja, para garantir uma boa gestão, 3 coisas são fundamentais:

  1. Metas
  2. Métodos
  3. Mérito

Metas

As metas são o ponto de partida para tirar as pessoas da zona de conforto e levá-las a evolução e ao aprendizado.

Se uma equipe possui objetivos claros e prazos estabelecidos, com uma visão dos caminhos a serem seguidos, as chances de êxito tendem a crescer de forma bastante significativa.

O contrário também pode ser dito. Se um time não possui metas e objetivos claros, com prazos preestabelecidos e desafiadores, é natural que ele caia em uma zona de conforto e os resultados da organização caiam como um todo.

Métodos

Agora que a sua equipe já sabe o que fazer, ela precisa ter clareza de como fazer. E é aí que entram os métodos.

Uma metodologia nos ajuda a alocar de forma mais eficiente os recursos econômicos e financeiros da organização, custos despesas e investimentos. Os processos permitem que você realize um ramp up mais rápido dos seus colaboradores, por meio de documentações e guias de atividades.

Além disso, processos são fundamentais para que você consiga escalar o negócio e realizar novas vendas, de forma que a demanda possa ser acompanhada pelo departamento de produção.

Mérito

A meritocracia é fundamental dentro do meio empresarial, pois permite identificar e recompensar os colaboradores que mais entregam resultados para a empresa, baseado em suas metas e objetivos estratégicos.

Ao serem recompensados, os bons funcionários se sentem motivados a continuar trabalhando mais e melhor, o que cria um ciclo vicioso positivo de produtividade, resultado e recompensa, contribuindo assim, para o crescimento da organização.

Como consequência, os funcionários recompensados sentem-se mais felizes, o que melhora sua imagem tanto para novos funcionários, quanto para futuros clientes e parceiros.

Como aplicar?

Comece traçando metas e desenvolvendo uma estrutura de meritocracia, as formas mais comuns de fazer isso são por meio de participação nos lucros, comissões e bônus por resultados.

Se você está começando, é natural que desenvolver métodos e processos seja a parte mais difícil de tudo isso, afinal, a forma como as coisas são feitas está em constante mudança.

Apesar disso, é fundamental que exista uma cultura de documentação e delegação para que a organização possa crescer e desenvolver pessoas. Enquanto todas as atividades da empresa estiverem centradas no sócio, será muito difícil garantir o desenvolvimento da empresa.

Sentiu falta de algo?

A Midhaus é uma assessoria de marketing em vendas especializada em fazer empresas explorarem todo o seu potencial, vendendo mais, com mais qualidade e maiores lucros.

Se você quer saber como podemos ajudar você, entre em contato conosco! Será um prazer atendê-lo sem qualquer compromisso.