Inbound Marketing para Aplicativos: da Teoria a Prática

Agora que você já possuí um aplicativo no mercado, começa o real desafio: Atrair usuários, downloads e gerar tração para seu app.

Ter um bom produto é pré-requisito para o sucesso de uma startup, porem não é o suficiente. É necessário conciliar as estratégias corretas para fazer com que as pessoas se interessem pela sua solução, atraindo-as para canais de conversão (lojas de app) para que assim possam tornar-se usuárias e clientes de seu produto/solução.

Inbound Marketing é uma metodologia que une estes conceitos em um único propósito. Atrair pessoas para sua marca através de conteúdo relevante, ao invés de comprar seu interesse de forma interruptiva.

Diante deste cenário, preparamos aqui algumas dicas que vão ajuda-lo a entender melhor como o Inbound Marketing funciona, e como implementa-lo para conseguir usuários e clientes para seu aplicativo móvel.

Gostou? Então vamos nessa:

Como funciona o Inbound Marketing e porque ele é uma boa opção para seu aplicativo.

A quantidade de informações com as quais as pessoas interagem diariamente é absurda. Estamos conectados 24h, 7 dias por semana, em diversas redes sociais, aplicativos e canais ao mesmo tempo, alem de grupos e mais grupos onde recebemos informações instantâneas.

Toda esta enxurrada de conteúdo disputa nosso interesse ao mesmo tempo, ou seja, nossa disponibilidade e atenção é cada vez mais escassa, enquanto a concorrência (de diferentes canais de conteúdos, produtos e marcas) é cada dia maior.

Diferente do marketing da interrupção, na qual buscamos comprar a atenção das pessoas através de anúncios e comerciais, o Inbound Marketing visa atrair uma audiência interessada e engajada com seu produto, por meio da produção de conteúdo relevante e educativo, que o ajudam com seus desafios e problemas, sejam eles pessoais ou profissionais.

Por que ele é uma boa opção para seu aplicativo?

Apenas uma pequena parcela das pessoas que recebem uma proposta, estão aptas (naquele momento) para comprar um produto ou serviço (ou baixar um aplicativo). As pessoas estão muito mais propensas a se entregar sua atenção para conteúdo relevante do que para marcas ou “ofertas”.

Para um aplicativo móvel, é fundamental construir uma audiência, pois somente assim este conseguirá gerar tração e crescimento exponencial, tanto em usuários quanto financeiro.

Atração – Como construir uma audiência para seu aplicativo

Nesta etapa, o objetivo é construir uma audiência interessada pela sua solução e comprometida com sua marca. Para isso, é importante ter uma presença sólida em todos os canais e garantir o maior número possível de pontos de contato com o até então usuário em potencial.

Canal social

Sua audiência está nas redes sociais, quanto a isso não há dúvida. Procure entender quais são seus padrões de uso em cada uma delas: em qual é mais ativo e qual é seu mapa de interesses.

O mapa de interesses é expressado através do diagrama de vennA ideia é encontrarmos o conjunto de pessoas (dentro de uma determinada faixa demográfica, por exemplo: mulheres de 30-50 anos), quais são os hábitos e interesses daqueles que realmente tem condições de comprar seu produto ou serviço.

Juntamente com isso, é fundamental definirmos uma persona para que nossa comunicação seja o mais precisa possível.

Para maximizar os resultados no curto prazo, aposte em campanhas de links patrocinados para aumentar seu alcance e jamais negligencie as campanhas de promoção de aplicativos móveis.

Mecanismos de busca: como deixar seu aplicativo otimizado

A otimização para os mecanismos de busca é uma parte extremamente importante das estratégias de marketing internet. Um bom plano de SEO é capaz de gerar excelentes resultados a médio/longo prazo se bem executada.

Nos últimos tempos, técnicas de SEO voltadas para o rankeamento de aplicativos móveis em apps stores tem ganhado força, já que o número de apps não para de crescer, e isto tem acirrado a disputa pelos resultados nas buscas. Segundo o site statista.com, existem cerca de 6.450.000 aplicativos distribuídos por pelo menos cinco app stores (abril de 2017).

Para garantir um bom posicionamento nas pesquisas, se atente a fatores como:

  • Título do aplicativo.
  • Descrição.
  • Fotos explicativas.
  • Palavras chave.
  • Notas dos usuários.
  • Avaliações (comentários dos usuários).
  • Links externos (em outros sites e blogs).

Videos – Uma excelente forma de alcançar mais pessoas

Os vídeos são uma das grandes tendências do mercado digital. Algumas projeções estimam que o tráfego dedicado a vídeos chegará a 80% em 2019.

O Facebook tem investido de forma massiva na performance e no consumo de vídeos em sua plataforma. Tamanha notoriedade para o formato já fez com que o volume de videos visualizados ultrapassasse o de seu principal concorrente.

O diferencial dos vídeos esta no seu alto poder de imersão, e velocidade de consumo e assimilação. Um conteúdo em texto leva mais tempo para ser consumido do que o mesmo conteúdo em vídeo, na maioria dos casos.

Alem disso, os videos permitem inovar em forma, conteúdo e formato, trazendo abordagens criativas que prendem a atenção do usuário e criam aproximação.

A dica é: incorpore a produção de vídeos na estratégia de marketing, tanto em seu lançamento (criando teasers e prévias) quanto em estratégias de divulgação do produto

Conversão – Simplifique a tomada de decisão

A partir da conquista de uma audiência, agora chegou o momento de garantir que seus seguidores chegarão ao segundo passo, o de tornarem-se clientes de sua marca.

Para isso, é fundamental que o processo de conversão seja simples e intuitivo, dando a evidência aos CTA’s e com textos que trabalham a tomada de decisão de maneira direta.

Otimize a conversão das telas de seu aplicativo

O primeiro passo para otimizar as taxas de conversão de seu aplicativo, é monitorar cada uma das etapas até a meta final.

Por exemplo: vamos imaginar uma meta C, na qual para conclui-la, o visitante precisa passar pela tela A, B. Imagine que a meta foi concluída 15 vezes, e o volume de acessos na tela A (primeira tela do aplicativo) foi de 1.000 acessos.

Sem que haja um monitoramento das conversões em cada uma destas etapas, é impossível saber qual tela traz menos resultado, logo tem que ser otimizada. Após um determinado período de coleta de dados, transforme estes indicadores em ações de otimização para sua equipe de desenvolvimento.

Relacionamento – Construindo uma comunidade ativa e engajada

Crie conteúdo educativo e dicas sobre como utilizar o app

Explore diversas formas na hora de auxiliar seus usuários a utilizarem seu produto, muitos deles possuem dúvidas ou simplesmente não tem uma intuição tão apurada na hora de usar sua interface.

Para isso, produza conteúdo educativo sobre como utilizar seu aplicativo, mas não se limite a questões técnicas. Aproveite o modelo para educar ajudar seu cliente a solucionar outros problemas e aproxime-se dele.

Um grande exemplo disso, são empresas que oferecem softwares para gestão financeira, e dão dicas sobre como manter as contas no azul.

Isso aumenta a percepção de valor do cliente e pode trazer excelentes resultados em questão de LTV (Lifetime Value).

Tenha um atendimento ágil e disponível

Existem diversas opções na hora de oferecer atendimento, mas basicamente você precisa optar se irá oferecer suporte telefônico ou somente online.

Independente da forma de atendimento escolhida, o mais importante é que o suporte seja ágil e prestativo. E que o problema de seus usuários seja solucionado sob qualquer circunstancia.

Muitas empresas pecam por não oferecer um suporte adequado e com isso perdem os usuários tão suados e caros de conquistar. Não seja uma delas.

Utilize notificações via push

As notificações push são uma ótima ferramenta para gerar proximidade com os usuários.

Utilize-as tanto para veicular ofertas quentes, quanto para promover novos conteúdos e materiais. Mas saiba bem o limite entre o agradável e o inoportuno.

Caso você extrapole este limite, é perigoso gerar uma desinstalação, coisa que você não quer não é mesmo?

Aposte na comunicação via e-mail e na automação de marketing

Pesquisas mostram que 92% dos usuários de internet tem ao menos uma conta de e-mail.  Sendo que 72% checam sua caixa de entrada ao menos uma vez por dia.

Isto faz com que o e-mail marketing seja uma excelente ferramenta de comunicação, com possibilidade de gerar excelentes resultados.

Alem do e-mail marketing tradicional, a automação de marketing tem sido muito utilizado em conjunto com todas as estratégias as quais comentamos aqui, para gerar escala e produtividade nas ações de marketing digital.

Por meio da automação de marketing, você pode criar fluxos de e-mails, sms, notificações com base nas interações do usuário com seus conteúdos.

Existem diversas ferramentas de automação, sendo o RD Station uma das mais utilizadas no cenário nacional.

Conclusão

Se sua empresa ainda não possuí um processo estruturado para realização dessas atividades e análise de resultados considere uma parceria com uma agência de Inbound Marketing.

A Midhaus é uma agência especializada em Inbound Marketing, e já ajudou uma série de clientes a obterem sucesso através da metodologia. Não deixe de conferir nossos materiais e cases de sucesso.

 

 

Livro: Como fazer sua empresa crescer