Inbound Marketing: Será que funciona para minha empresa?

O inbound marketing tem sido nos últimos anos, uma das estratégias de marketing mais relevantes dos últimos anos.

Mas será que o Inbound Marketing ainda funciona?

Neste artigo vamos discutir a respeito de como e para quem o Inbound funciona, e pretendemos quebrar alguns paradigmas a respeito do assunto.

Fique até o final e não deixe de deixar sua visão a respeito.

O que é Inbound Marketing?

Antes de mais nada vamos a uma breve definição do que é Inbound marketing.

O termo foi desenvolvido pela empresa Hubspot em 2006 e eles definiram da seguinte forma: “Uma abordagem focada em atrair consumidores através de conteúdo e interações que são úteis e relevantes.”

O principal conceito por trás do inbound marketing consiste em trazer mais visitantes para o seu conteúdo ou site de forma natural (inbound), ao invés de tentar atraí-los com métodos outbound como anúncios.

Tradicionalmente, nós dividimos o inbound marketing em algumas etapas de acordo com o Funil de vendas.

Eu tenho um vídeo explicando sobre o funil de vendas e vou deixá-lo aqui em baixo para você conferir.

Dito isso, vamos ao seguinte raciocínio;

Afinal de contas, o Inbound Marketing funciona?

Uma estratégia de Inbound Marketing normalmente tem início com a construção de uma presença digital, seguida pela produção de conteúdos, construção de personas e jornada de compra.

Estes processos são fundamentais por alguns motivos, entre eles:

  • Maior assertividade no perfil de comunicação
  • Construção de conteúdo relevante para o perfil de cliente ideal
  • Estabelecimento de uma “cronologia” para produção dos conteúdos, com o intuito de transformar o visitante em cliente

Quando uma empresa segue estes passos da forma correta, ou seja:

  • Faz conteúdo baseado na jornada de compra
  • Entrega os conteúdos no estágio certo da jornada de cada cliente
  • Cria formas de incentivar o consumo de novos conteúdos (e-books, infográficos, vídeos, palestras, webinários)
  • Gera leads para continuar a distribuição de conteúdos para base

Se a sua empresa faz tudo isso, são grandes as chances de que você tenha bons resultados com Inbound Marketing

Porém, tenha uma coisa em mente: os resultados não virão da noite para o dia.

Inbound Marketing é algo custoso e demorado, saiba que vai demorar ao menos alguns meses para que você comece a ter resultados.

Alguns benefícios são:

  • Redução do ciclo de venda
  • Aumento na qualidade dos leads e clientes
  • Aumento no número de oportunidades comerciais
  • Aumento do ticket médio
  • Redução do CAC (custo de aquisição de cliente)

Além disso, o processo de vendas como um todo se torna mais produtivo, sendo necessário menos esforço do time, que agora não precisa passar o dia em busca de contatos, numa saga de ligações ativas ou visitas que antes custavam muito.

Até que ponto o inbound marketing funciona?

Antes de responder a essa pergunta é bom definirmos algumas coisas:

Primeiro de tudo, o inbound marketing só funciona se for feito da forma correta.

Não é incomum uma empresa dizendo que Inbound Marketing não funciona, e ao olhar mais a fundo podemos ver que ela executou a estratégia “pela metade”.

Alguns erros comuns são:

  • Não direcionar o conteúdo produzido as personas
  • Não definir corretamente as personas e o perfil de cliente ideal
  • Não distribuir o conteúdo corretamente por meio dos canais digitais.

O segundo ponto é que, o Inbound Marketing não é uma fórmula mágica.

Ela é sim uma metodologia bastante eficiente, mas você precisa entender é que nem sempre o inbound será a saída.

Nem sempre ele sozinho vai fazer com que  você atinja o que você deseja.

Infelizmente, muitas empresas vendem Inbound Marketing como se você a receita de bolo para resolver qualquer tipo de problema, e isso está longe de ser verdade.

O Inbound funciona? Sim, mas não sempre e não pra todo mundo.

Abaixo, listamos alguns fatores que podem ser fundamentais na hora de você avaliar se o Inbound Marketing é a estratégia correta para o negócio:

  • Você tem clareza a respeito do seu modelo de negócio.
  • Você possui um mercado de pouca concorrência, ou se posiciona para um nicho específico
  • Você não precisa de resultados pra ontem
  • Você está disposto a revisar seus processos internos caso necessário

Gostou desse conteúdo? Não deixe de compartilhar! Deixe seu comentário aqui em baixo e nos ajude a produzir conteúdos cada vez melhores!

 

Livro: Como fazer sua empresa crescer